Chinesa apresenta carros em Pequim com comportamento de 'formigas'

Chery cria os conceitos @ant, que interagem entre si em tecnologia 'nuvem'.
Se o percurso é o mesmo, modelos elétricos se emparelham e formam trem.


Carros com "pegada" futurista sempre estão presentes em salões do automóvel e, sem ser diferente, o de Pequim, na China, também virou vitrine para trabalhos modernos, com protótipos de tecnologia complexa. A novidade, desta vez, é que não foram nem fabricantes japoneses e nem alemães os que mais chamaram a atenção do público no quesito, mas sim um chinês, a Chery. A montadora exibiu dois carros-conceito que fazem parte da proposta batizada de "@ant" (@formiga, em inglês). As “formigas” apostam na energia solar e no uso das telecomunicações, especialmente em "nuvem" para trabalharem em conjunto.

Modelos Chery @ant se acoplam para melhorar condições do trânsito (Foto: Paula Ramón/G1)

A ideia da montadora chinesa responde com inovação a problemas atuais das grandes cidades: falta de espaço, tráfego intenso, aumento da poluição e do custo dos combustíveis. A diferença do projeto da Chery é a proposta de os modelos compartilharem dados e trabalharem juntos, facilitando a vida dos motoristas.

Por exemplo, se eles se encontram em uma rua, podem se comunicar como se fossem dois aparelhos digitais. Caso o percurso seja o mesmo, os @ant se emparelham em uma espécie de trem urbano. Segundo a Chery, é possível harmonizar o trabalho de dez unidades ao mesmo tempo. O comportanto em "comunidade" é semelhante ao das formigas, por isso, o nome do carro e as "anteninhas" no logotipo estampado na carroceria.

Chery @ant tem comportamento em 'comunidade' semelhante ao das formigas (Foto: Paula Ramón/G1)

A tecnogia chinesa faz lembrar muitas invenções vistas em filmes de ficção norte-americanos. Um exemplo é o Minority Report, de 2002, estrelado por Tom Cruise e dirigido por Steven Spielberg, que mostra carros sendo conduzidos "sozinhos" e organizados por computadores.

Comunicação em 'nuvem'
A comunicação entre os veículos é sem fio e segue a premissa da tecnologia “nuvem” — servidores que armazenam dados que podem ser acessados de qualquer lugar e por diferentes dispositivos. O @ant pode compartilhar qualquer informação, até mesmo emitir um sinal de auxílio caso fique sem energia. Qualquer outro @ant pode ajudar no fornecimento.

Chery @ant possui sistema interativo, com mapas, dicas de rotas e indicação do trânsito (Foto: Paula Ramón/G1)

Além disso, é possível conhecer os detalhes do tráfego em tempo real, o que facilita o planejamento da rota. Cada modelo tem no seu interior três telas: o terminal do veículo, um telefone e um computador. Os sistemas podem trabalhar com internet, além de exibir filmes ou tocar músicas.

Vidro autolimpante
O vidro frontal do modelo é autolimpante, garantindo a visibilidade mesmo em tempo de chuva. O teto vem com uma bateria solar flexível para fornecer energia ao interior do veículo. A Chery afirma que a bateria é mais leve do que a de modelos tradicionais.

O motor é elétrico e fica perto das rodas traseiras. A montadora não revela dados sobre a autonomia do carro, mas garante que o @ant pode ser recarregado mesmo em andamento.

Chinesa Chery mostra protótipos no Salão de Pequim (Foto: AFP)

Fonte: G1 - Auto Esporte

Nenhum comentário:

Mais Vistos