Portugueses contam economizar com veículos elétricos

Cerca de 70% dos motoristas  portugueses estão convencidos de que a tecnologia elétrica trará maior facilidade na manutenção. O investimento no veículo elétrico revela-se assim um investimento rentável a medio-longo prazo, quando comparado com o seu equivalente térmico, segundo dados divulgados na 6.ª edição do Caderno Automóvel do Observador Cetelem.

Os mais confiantes com a questão da manutenção são os turcos (83% dos pesquisados mostram-se convictos de que a manutenção do veículo elétrico será bem mais fácil do que a de um veículo térmico clássico), convicção igualmente partilhada pelos russos, polacos e espanhóis (72%). Pelo contrário, os belgas (64%), os britânicos (63%) e, sobretudo os alemães (57%), revelam-se menos otimistas quanto à facilidade de manutenção de um veículo elétrico.

O Observador Cetelem revela ainda que cerca de um europeu em dois não acredita que a rede regular de oficinas seja capaz num futuro próximo de assegurar a manutenção de um veículo elétrico. Os portugueses e os britânicos são os mais reticentes no que se refere a esta questão. Respetivamente, 83 e 72 por cento dos inquiridos não planeiam efetuar qualquer manutenção através da rede tradicional.

Nesta 6.ª edição do Caderno Automóvel do Observador Cetelem o perímetro do estudo foi alargado a dez países. Pela primeira vez, a Rússia e a Turquia integraram o estudo, juntando-se à Alemanha, Bélgica, Espanha, França, Itália, Polónia, Portugal e Reino Unido.

Fonte: Actualidades (Portugal)

Nenhum comentário:

Mais Vistos