1,7 milhões de elétricos estarão nas ruas até 2020

De acordo com estudo da consultoria Pike Research, Estados Unidos e Europa serão os principais centros dos carros verdes

As vendas globais de veículos plug-ins irão sofrer um “boom” a partir de 2015. De acordo com um estudo da consultoria norte-americana, Pike Research, em 2017 mais de 1 milhão de unidades movidas a eletricidade estarão nas ruas e em 2020 esse número saltará para 1,7 milhões. O estudo engloba veículos elétricos ou híbridos (modelos que utilizam dois motores: um a combustão e outro elétrico).

O país que mais terá veículos elétricos será os Estados Unidos. Segundo a pesquisa, cerca de 410.000 modelos plug-ins serão vendos entre 2011 e 2015 no país. Em 2018, esse número chegará a marca dos 1 milhão de modelos “verdes”. Na Europa os números serão mais baixos, porém ainda expressivos. No “velho continente”, até 2015, serão 200.000 unidades elétricas e híbridas rodando pelas ruas. E até 2020 serão 650.000 veículos.

Segundo o diretor geral da Pike, John Gartner, esses dados trazem a tendência de que as vendas de modelos elétricos ou híbridos estão crescendo lentamente, porém o futuro aguarda melhores resultados. "Não teremos milhões de modelos elétricos rodadando por aí até 2015. Mas, a indústria automotiva entrou num sistema mais realista e que trará melhores resultados nos próximos dez anos.

Gartner também garantiu que os modelos híbridos possuem um maior potêncial pelo apelo sustentável, aliado à um antigo combustível fóssil. “Implantar a ideia de ter um veículo 100% elétrico na garagem, ainda é um grande desafio. Porém, com os modelos híbridos temos um inicio de movimento já que eles também utilizam a velha conhecida gasolina”, disse o executivo.

Vale lembrar que nos Estados Unidos o governo federal divulgou no ano passado um plano para ter 1 milhão de veículos elétricos nas ruas até 2015. Para isso, na ocasião o presidente Barack Obama implantou novos incetivos em impostos para as montadoras que investirem na tecnologia. Algo que segundo a pesquisa da Pike é um dos grandes incentivadores das projeções com relação ao país norte-americano.

Fonte: Carsale

3 comentários:

  1. E o Brasil está no mesmo caminho, apenas no início...
    Nossa capacidade de geração renovável torna o modelo elétrico e híbrido perfeito para nosso país.
    WILLIAM RAMOS

    ResponderExcluir
  2. se depender de nós brasileiros, é só abrir as portas, olha só : o Elifas Gurgel e amigos já conseguiu a legislação para todos nós se quisermos, ir ao detran e fazer a burocracia para converter nossos carros para eletrico ou hibrido, isso aliado a legislação la de Natal-RN, em que o carro eletrico tem isenção de 100% do ipva. Só falta mesmo a fábrica BYD terminar a sua montadora na argentina. FRANCISCO DE ASSIS GURGEL.

    ResponderExcluir
  3. Que legal Francisco! Eu não sabia dessas informações...
    WILLIAM RAMOS

    ResponderExcluir

Mais Vistos