Brasília: governo testará ônibus elétrico

Governador conheceu veículo na China e disse que o primeiro ganhará as ruas em setembro

Em setembro próximo, o brasiliense terá a oportunidade de experimentar um moderno ônibus elétrico chinês que o GDF está importando para testes que visam o uso da tecnologia não poluente em grande escala até a Copa de 2014.   

Por tempo indeterminado, porém, quase um milhão de pessoas continuarão a se espremer diariamente em uma frota cuja idade média supera os sete anos - supostamente o tempo limite de utilização dos veículos.  

Marcada inicialmente para 10 de julho, a divulgação dos vencedores da licitação para a troca de três mil ônibus que circulam pelo DF, alguns com até 20 anos de uso, continua barrada pelo Tribunal de Contas e não tem data para acontecer.  

O órgão encontrou problemas técnicos no edital, como a falta de critérios para gerir os aumentos nas tarifas e de especificações sobre o tipo de ônibus que será usado em cada linha ou corredor.  

A concorrência foi suspensa no início de maio e, desde então, o GDF enviou uma série de explicações e correções para o tribunal, que considerou todas “insatisfatórias”.  

O último ofício foi enviado em 16 de julho e passa pela análise do corpo de técnicos do TCDF. Caso nenhum problema seja apontado, a liberação da concorrência poderá ser votada amanhã ou na quinta-feira pelos conselheiros. O cronograma inicial (veja ao lado), que previa a entrada em circulação dos novos ônibus já no início de 2013, porém, não tem mais como ser cumprido.

Fonte: Band.com.br

Nenhum comentário:

Mais Vistos