Tesla Model S: quem segura este elétrico?

O modelo entrou na seleta lista de “recomendados” da Consumer Reports, uma das mais prestigiadas publicações do mundo. E parece não ter incêndio que o segure

Tesla Model S (Foto: Divulgação)
Em maio deste ano, a influente publicação americana Consumer Reports, especializada em Defesa do Consumidor, definiu o todo elétrico Tesla Model S como o melhor carro já testado por sua equipe. Apesar do elogio, o verdinho não recebeu, na ocasião, a ansiada classificação de "Recomendado", concedida com parcimônia pela revista.

A situação agora mudou. O modelo finalmente entrou na seleta lista de “recomendados” da Consumer Reports. Embora esta não seja a primeira premiação que o sedã recebe – ele já já foi laureado pelas revistas de automóveis Motor Trends e Automobile –, trata-se de uma das mais importantes, uma vez que a Consumer Reports é amplamente considerada como sendo a revista mais influente entre os compradores de carro.

Em geral, a classificação de confiabilidade para o modelo S foi média. Mas essa classificação, juntamente com os resultados dos testes de segurança do carro, foi o suficiente para garantir a recomendação.

Segurança cinco estrelas, é isso mesmo?
Em agosto, a instituição de segurança automotiva americana National Highway Traffic Safety Administration (NHTSA) avaliou com nota máxima o sedan elétrico Model S. Segurança cinco estrelas? Você deve estar se perguntando, ao lembrar do recente episódio do incêndio após o carro colidir com um grande objeto metálico em Washington, nos EUA, no começo do mês. Pois o próprio Elon Musk, CEO da Tesla, veio a público defender a segurança da sua cria.

Em postagem no blog oficial da empresa, Musk ressaltou que o dono do Model S incendiado foi capaz de sair da estrada com as instruções do sistema de alerta de bordo, trazer o carro até o meio fio e sair do veículo sem ferimentos. Segundo o empresário, o incêndio causado pelo impacto começou no módulo de bateria da frente e foi contido por firewalls internos. Ventoinhas incorporadas a bateria ajudaram a afastar as chamas para a estrada e longe do veículo.

“Em nenhum momento o fogo entrou na cabine, no interior do carro”, escreveu o CEO. “Se um carro a gasolina convencional encontrasse o mesmo objeto metálico na estrada, o resultado poderia ter sido muito pior”, acrescentou. Não bastasse a defesa de Musk, o dono do carro que pegou fogo afirmou publicamente que seu próximo carro seria, advinha qual? Um Tesla Model S.

Competidor de peso
Queridinho do mundo dos elétricos, o Model S também foi eleito o Carro Verde do ano 2013 no Salão do Automóvel de Nova York, em maio. A concorrência não foi fácil. O carro lançado em junho de 2012, desbancou modelos como o Volvo V60 Plug-in Hybrid e o compacto e consagrado Renault Zoe.

Por: Vanessa Barbosa
Fonte: EXAME.com

Um comentário:

  1. Grande matéria! Sempre fico muito feliz quando publicam algo sobre a Tesla no Brasil!

    Tenho uma comunidade brasileira da Tesla Motors. Ficaria feliz se vocês acompanhassem:

    https://plus.google.com/communities/112704121922875619173

    ResponderExcluir

Mais Vistos