Ford Fusion Hybrid lidera o crescimento de carros híbridos e elétricos no Brasil

O sedã híbrido da Ford reduziu a diferença de preço em relação aos modelos a gasolina, que caiu de R$30.000 para R$7.000

O modelo respondeu por nada menos que 80% das vendas / Foto: Divulgação/ Ford Motor Company

O Ford Fusion Hybrid está liderando o crescimento do segmento de veículos híbridos e elétricos no Brasil, que avançou 74% de janeiro a agosto. O modelo respondeu por nada menos que 80% das vendas, ou seja, 444 das 558 unidades registradas no período. Embora ainda seja pequeno dentro do volume total do mercado interno - menos de 0,1% - esse número vem evoluindo rapidamente e já ultrapassa o total comercializado em 2013.

Carro mais econômico do País no ranking do Inmetro/CONPET, o Ford Fusion Hybrid vem ganhando espaço no mercado desde o lançamento da nova geração, há um ano. Além de inovações na tecnologia e no design, o sedã híbrido da Ford reduziu a diferença de preço em relação aos modelos a gasolina, que caiu de R$30.000 para R$7.000. Com isso, ficou mais acessível e hoje é cotado em R$128.700.

Essa queda se deve à mudança do motor 2.5 para o atual 2.0, que permitiu o enquadramento do veículo em uma alíquota menor de tributação do IPI. "O consumidor é extremamente sensível a preço e ficou mais atraente investir na nova tecnologia", destaca Oswaldo Ramos, gerente geral de Marketing da Ford. "A diferença atual de preço se paga em cerca de dois anos de uso por conta da economia de combustível proporcionada pela versão híbrida."

A primeira geração do Fusion Hybrid vendia uma média de 30 unidades por mês, a grande maioria por meio de venda direta para empresas. A nova geração, além de alcançar o dobro do volume mensal, tem 80% das unidades vendidas no varejo, para o consumidor final.

A expectativa da Ford é que a tendência de aumento de volume continue. "Ainda é um número baixo se comparado aos Estados Unidos, que vende cerca de 6.000 unidades do Fusion Hybrid por mês, mas é um início de mudança do consumidor brasileiro", diz Oswaldo Ramos.

Requinte sustentável
Primeiro híbrido total do Brasil, o Fusion Hybrid faz 16,8 km/l na cidade e 14,7 km/l na estrada. Seu sistema propulsor conta com um motor 2.0 a gasolina de ciclo Atkinson e um motor elétrico, alimentado por uma avançada bateria de íons de lítio, e transmissão continuamente variável e-CVT controlada eletronicamente.

O carro tem uma potência combinada de 190 cv e pode acelerar até 100 km/h no modo elétrico. Seu sistema de frenagem regenerativo recupera até 95% da energia perdida nos freios. Uma tela no painel, o "Ecoguide", ensina o motorista a dirigir de modo mais sustentável com gráficos de folhas que crescem com a economia de energia.

Vendido exclusivamente na versão Titanium, topo de linha, o Fusion Hybrid vem completo, com 8 airbags, sistema de estacionamento automático, câmera de ré, sistema de permanência em faixa, piloto automático adaptativo, alerta de colisão, sistema de monitoramento de pontos cegos com alerta de tráfego cruzado, assistente de partida em rampa e sistema Advance Trac com controle eletrônico de estabilidade e tração. Sistema de conectividade SYNC com tela touch-screen de 8 polegadas e comandos de voz, sistema de acesso inteligente e partida sem chave, bancos com ajuste elétrico, tomada de 110 V e teto solar elétrico são outros itens de série.

Fonte: DCI

Nenhum comentário:

Mais Vistos