Conheça o projeto do carro impresso em 3D que deve ser lançado ano que vem

O design do Reload Sport é uma das duas versões possíveis do projeto ganhador do concurso para carros impressos em 3D

A montadora norte-americana Local Motors revelou esta semana o projeto ganhador do seu concurso de design para carros impressos em 3D, o Project Redacted, lançado em maio, que contou com 60 inscrições. O projeto ganhador, chamado de Reload Redacted – Swim and Sport foi desenhado pelo engenheiro mecânico Kevin Lo, 39 anos, premiado com a quantia de 7 500 dólares.

Com uma base típica de um skate e partes removíveis, o Reload Redacted pode ser customizado em diferentes estilos, como as duas versões mostradas no vídeo abaixo, o Swim (estilo buggy de praia) e o Sport (estilo carro esporte). O chassi acomoda o sistema de transmissão, a bateria, a direção e a suspensão, e o carro também possui alto falantes externos para o sistema de som. O corpo dos dois veículos conceituais é o mesmo.

De acordo com a Local Motors, além do design diferenciado, o Reload Redacted foi escolhido por refletir os benefícios da técnica conhecida como Direct Digital Manufacturing (fabricação digital direta, ou DDM), porque é um automóvel totalmente customizável.

"Os fabricantes de automóveis têm produzido peças da mesma maneira há mais de 100 anos. Agora temos a tecnologia para tornar o processo e produtos melhores e mais rápidos ligando o online e o offline através da DDM”, disse John B. Rogers, CEO da Local Motorsem em um comunicado.

Lo, que trabalha para a empresa de tecnologia HP, fez o desenho digital do carro em três semanas. Ele disse que sua ideia era construir uma estrutura de fibra de carbono (que abrigaria a bateria, motores, chassis e rodas) para poder adicionar o corpo que quisesse sobre ela. “Em dez anos, todo mundo estará dirigindo um carro que utiliza impressão 3D”, disse Lo ao jornal Mashable.

O carro que a Local Motors pretende lançar já no começo de 2016 será produzido como Low Speed Eletric Vehicle (veículo elétrico de baixa velocidade, ou LSEV na sigla em inglês) e vendido com preços entre 18 000 e 30 000 dólares. Mas a empresa afirma que uma versão mais veloz estará disponível antes de 2017.

De acordo com a Fox News, os compostos do chassi e as demais partes serão produzidas por uma máquina de impressora 3D do tamanho de um aposento, que foi desenvolvida em parceria com a Oak Ridge National Laboratory, o laboratório de ciência e tecnologia controlado pelo Departamento de Energia dos Estados Unidos. A produção começará em um espaço em Knoxville, no estado de Tennessee, mas a Local Motors espera expandir a produção para outros locais. Para larga escala, seriam necessárias centenas ou dezenas de máquinas.

Reload Swim, uma das versões do projeto Reload Redacted

Esse é o segundo passo da Local Motors nessa direção: em setembro do ano passado, a empresa apresentou o primeiro carro do mundo impresso em 3D, o Strati, durante o evento International Manufacturing Technology Show, em Chicago. O carro elétrico de dois lugares foi impresso em apenas 44 horas (assista ao vídeo aqui). Atualmente, produz outros carros de fabricação convencional, como o Rally Fighter, lançado em 2011.

A empresa afirma que o concurso foi criado com o objetivo de desafiar a comunidade de cocriação para imaginar e desenhar a próxima geração de carros impressos em 3D “prontos para a estrada”. Enquanto o atual modelo Rally Fighter leva dias para ser construído, o carro em 3D, com menos componentes (o Strati tinha 50 itens, além da parte elétrica), deve ficar pronto mais rapidamente, ainda que a velocidade da impressão 3D seja um ponto a ser melhorado.

Segundo Lo, a sua ideia é diferente do Strati por oferecer mais segurança. Em caso de colisão, por exemplo, qualquer parte do carro poderá ser removida e reproduzida, enquanto que o Strati é constituído de um corpo único.

Características do Swim e do Sport como potência, velocidade e autonomia ainda não foram revelados, mas a Local Motors pretende apresentar seu modelo comercial pronto durante a feira Specialty Equipment Market Association, que acontece em Las Vegas em novembro.

Por: Giovanna Rossin
Fonte: INFO Online

Nenhum comentário:

Mais Vistos