5 evidências de que a Apple se prepara para lançar um carro


Não à toa, a Apple tem fama de ser uma empresa inovadora. Ela é a criadora do iPod, do iPhone e do iPad. Porém, desde 2010, a empresa fez apostas seguras em seus produtos de sucesso e lançou apenas mais uma categoria de produtos, a de relógios inteligentes com a chegada do Apple Watch.

Agora, há evidências de que a companhia trabalha em um projeto mais ousado: um carro inteligente.

Investimento
No final de maio, Katy Huberty e Adam Jonas, analistas da respeitada empresa de serviços financeiros Morgan Stanley, realizaram um levantamento de dados da Apple e constataram um salto de investimento no setor de pesquisa e desenvolvimento. A empresa não só investe mais do que quando lançou seus produtos de maior sucesso, mas o valor também excede o investido por fabricantes de veículos.

Enquanto a Apple investiu 5 bilhões de dólares nesse segmento entre os anos de 2013 e 2015, 14 importantes montadoras com foco na criação de veículos elétricos investiram 192 milhões de dólares.

Porém, a Morgan Stanley não pode confirmar que o dinheiro era destinado a criação de um carro.

Didi Chuxing
Também no mês passado, a Apple investiu 1 bilhão de dólares na Didi Chuxing, a maior plataforma de compartilhamento de carros e caronas da China. Alguns a chamam de Uber chinesa.

A Apple informou que investiu na companhia por uma série de razões estratégicas, incluindo a possibilidade de aprender mais sobre alguns segmentos do mercado chinês, segundo a Reuters. “Claro que acreditamos que a empresa vai nos dar um forte retorno do nosso capital investido ao longo do tempo”, segundo Tim Cook, CEO da Apple.

O Uber já anunciou seu interesse em carros automônomos, aliás, mais do que isso: a companhia já tem um protótipo que será testado nas ruas dos Estados Unidos. Com isso, um serviço de caronas aliado a carros que não precisam se motoristas se mostra como um modelo de negócio interessante para a Uber e para a Didi.

Contratações
Em abril, a Apple contratou Chris Porritt, ex-vice-presidente de engenharia de veículos da Tesla Motors, para trabalhar em “projetos especiais”.

Porritt não é o único contradado pela Apple nos últimos tempos. A lista ainda conta com nomes como Robert Gough, Hugh Jay e Mujeeb Ijaz, que são pessoas envolvidas em projetos de  veículos high-tech. Além deles, a criadora do iPhone chamou para sua equipe também David Perner (ex-Ford) e o brasileiro Fernando Cunha (ex- GM).

Vale notar que a Apple já conta com o CarPlay, o seu sistema de entretenimento automotivo e alguns desses profissionais podem trabalhar nesse produto por ora.

Woz
Steve Wozniak, cofundador da Apple, acredita que a Apple vai criar um carro porque esse segmento é lucrativo. No entanto, ele não sabe precisar se a companhia tem um projeto de veículo autônomo ou elétrico.

Titan
Em fevereiro de 2015, o Wall Street Journal publicou um artigo sobre um projeto da Apple que teria o nome de Titan, que fora aprovado por Tim Cook.

Este indício aponta para a possibilidade da criadora do iPhone investir em um veículo elétrico com visual de minivan.

Vale lembrar que a Bloomberg publicou um reportagem em 20 de fevereiro de 2015 informando que a Apple faria sua estreia no mercado automotivo em 2020.

Por enquanto, a Apple não diz nada sobre o seu projeto de carro. Já o Google está em estágio avançado de testes nas ruas e firmou uma parceria com a Fiat Chrysler neste ano para a fabricação de minivans autônomas.

Por: Lucas Agrela
Fonte: EXAME.com

Nenhum comentário:

Mais Vistos